gavião-de-pescoço-branco

(Leptodon forbesi)

Sem título.png22.png

Características

É uma ave de rapina brasileira, nativa de florestas na região nordeste do país. Embora esteja criticamente ameaçado, ainda pode ser visto nas áreas da Mata Atlântica que foram preservadas no Nordeste e, até mesmo em algumas áreas verdes no meio das cidades e está inserido no Plano Nacional para Conservação de Aves de Rapina Gosta de planar durante a manhã, nas horas mais quentes, podendo ir em grupos ou sozinhos.

É grande, possuindo 50 cm em média, suas costas são pretas e a região do abdome é branco. A cauda é quase toda branca com uma larga faixa preta. Nas penas especializadas para o voo, possui barras pretas e brancas. Os jovens possuem um padrão de cores diferente na cauda e sob as asas.

 

Alimentação

Sua alimentação é à base de lagartos, lagartixas, aves, insetos e pequenos mamíferos. Seu horário de caça é no início da manhã, sobrevoando a floresta e capturando lagartos que estejam expostos ao sol.

 

Reprodução

Não há informações sobre sua reprodução. É provável que construa um ninho no topo das árvores assim como o gavião-de-cabeça-cinza (L. Cayanensis).

 

Distribuição Geográfica

Ocorre nos estados de Pernambuco, Paraíba, Alagoas e Sergipe.

Mapa de distribuição da espécie

​Andreza Silva

icone-instagram.png

@andreza_arte