formigueiro-de-cauda-ruiva
 

(Myrmoderus ruficauda soror)

Mapa de distribuição da espécie

Características

É altamente terrestre, frequentemente fica no sub-bosque mais denso, em busca de áreas sombreadas. Atualmente, o Myrmoderus ruficauda soror consta como ¨Em Perigo¨na Lista Nacional da fauna ameaçada de extinção. A destruição do habitat causou declínio populacional e atualmente está distribuída em manchas florestais dispersas. A espécie está inserida nos Planos de Ação Nacionais para Conservação das Aves da Caatinga e das Aves da Mata Atlântica.

Macho tem garganta preta; a coroa e a porção superior das costas com plumagem de coloração preta com as bordas das penas de coloração cinza claro dando uma aparência escamada. O peito e a porção superior do ventre apresentam plumagem com belo efeito escamado. Ventre inferior e infracaudais de coloração marrom acastanhada. As asas apresentam duas distintas barras alares de coloração preta com o gume das penas de coloração branco-pardacento. As penas rêmiges são marrons. O uropígio e a cauda são de coloração castanha. Bico e olhos escuros. Tarsos e pés rosados. Esta subespécie é mais pálida e maior do que a espécie nominal.

 

Alimentação

A alimentação é composta por rãs de tamanho pequeno, insetos e Estacional Semidecidual e Área de Tensão Ecológica.

 

Distribuição Geográfica

Ocorre em florestas úmidas, nos estados da Paraíba, Pernambuco e Alagoas, persistindo em remanescentes florestais de variados tamanhos com alto grau de degradação. Essa subespécie teve novos registros para mais quatro locais em Pernambuco, nos municípios de Bonito, no Parque Natural Municipal Matas do Mucuri Himalaya, Mata da Chuva e Engenho 46 Brejão, em Camaragibe e Abreu e Lima, na Mata de Aldeia e em Barreiros, no Engenho Cachoeira Linda.

Sem título.png15.png

​Andreza Silva

icone-instagram.png

@andreza_arte