papa-taoca-de-pernambuco
 

(Pyriglena pernambucensis)

Características

Habita o sub-bosque de Floresta Ombrófila aberta, Floresta Ombrófila Densa, Floresta Estacional Semidecidual e Área de Tensão Ecológica, com altitudes abaixo de 700 metros. Ocupa matas em estágios iniciais de recuperação e bordas florestais, porém, as áreas de ocupação são pequenas e isoladas e nem todas são adequadas à sobrevivência da espécie. A perda de habitat é a principal ameaça da espécie. Atualmente, Pyriglena pernambucensis consta como ¨Vulnerável¨na Lista Nacional da fauna ameaçada de extinção. A espécie está inserida nos Planos de Ação Nacionais para Conservação das Aves da Caatinga e das Aves da Mata Atlântica.

O macho é preto com olhos vermelhos e com detalhe branco bem contornado na nuca, Diferente do detalhe do Papa-taoca-da-bahia que o branco aparenta estar escorrendo. A fêmea é marron clara e também tem o detalhe branco na nuca.

Alimentação

É uma espécie insetívora, que captura artrópodes e insetos em folhas e troncos de árvores, também seguem correições de formigas, sempre em grupos ou aos pares.

Distribuição Geográfica

Ocorre nos estados de Alagoas, Pernambuco e Paraíba.

​Andreza Silva

icone-instagram.png

@andreza_arte