saíra-pintor
 

(Tangara fastuosa)

Características

Se locomovem facilmente entre os fragmentos e é o principal responsável por dispersar sementes de bromélias pela floresta. São vistos aos pares, em grupos intra-específicos ou formando bandos com outras espécies, tanto insetívoras quanto frugívoras. Pode ser encontrada no interior e nas bordas das florestas, em vegetações com crescimento secundário apresentando acentuado nível de degradação, em jardins e em pomares com adensados de bromélias. Atualmente, consta como ¨Vulnerável¨na Lista Internacional e Nacional da fauna ameaçada de extinção sendo a principal causa de ameaça a perda de habitat, para substituição por pastos e plantações, extração de madeira para carvoaria e a captura para o comércio ilegal. Está inserida no Plano de Ação Nacional para Conservação das Aves da Mata Atlântica. Mede cerca de 13 centímetros, apresentam tons de roxo-violeta e alaranjado na plumagem.

 

Alimentação

A dieta é composta por frutos e artrópodes, ingerindo ocasionalmente pétalas de inflorescência do jambeiro e goiabeira. Os frutos de Miconia sp, Schefflera morototoni e Cecropia sp são os mais utilizados na alimentação.

 

Reprodução

No período de acasalamento, apresentam comportamento agressivo e territorialista com outros indivíduos da espécie. Constroem os ninhos em bromélias arborícolas, utilizando folhas secas, radículas e fibras vegetais durante o período reprodutivo, de outubro a abril. 

Distribuição Geográfica

Ocorre nos estados de Alagoas, Pernambuco e Paraíba.

Mapa de distribuição da espécie

Sem título.png2.png

​Andreza Silva

icone-instagram.png

@andreza_arte