zidedê-do-nordeste
 

(Terenura sicki)

Sem título.png19.png

Características

O zidedê-do-nordeste é encontrado com mais frequência no dossel de florestas Ombrófila Aberta, Estacional Semidecidual e Densa. É uma espécie sensível a alterações de habitat e há evidências de que a população está em declínio continuado. A principal causa de ameaça é decorrente da perda de habitat, substituído por pastagens e plantações de cana-de-açúcar, nessas áreas, também ocorre a extração de lenha para carvoaria.  O zidedê-do-nordeste está inserido no Plano de Ação Nacional para Conservação das Aves da Mata Atlântica, no Plano de Ação Nacional para a Conservação das Aves da Caatinga e O Plano de Ação para Conservação de Aves Endêmicas e Ameaçadas do Centro de Endemismo Pernambuco.

 

Alimentação

A alimentação é composta por pequenos artrópodes, que são encontrados quando a espécie forrageia cipós, bromélias e o limbo das folhas

 

Reprodução

A fêmea confecciona o ninho utilizando a espécie vegetal (Maramius sp) e briófitas. Poucas vezes, foi observado o macho levar determinados materiais para ajudar na construção do ninho

 

Distribuição Geográfica

Ocorre no estado de Alagoas e ao leste de Pernambuco, em florestas com altitudes que variam de 300 a 700 metros.

Mapa de distribuição da espécie

​Andreza Silva

icone-instagram.png

@andreza_arte